Grace de Mônaco

“Não é uma cinebiografia”. Com essas palavras, o diretor francês Olivier Dahan começou sua explicação sobre a obra na coletiva de imprensa que seguiu a exibição de Grace de Mônaco,

Shopping Basket