Ana Carolina Nicolau

Ana Carolina Nicolau

Uma caneca de café e um computador fazem meu mundo rodar. Criei o Take148 porque as consequências criativas da cafeína precisam ser compartilhadas. Eternamente dividida entre a televisão e o cinema. Tenho um diploma em Matemática, mas até agora ele só serviu pra me fazer parecer foda. Não que seja mentira.

Uma Noite no Museu: O Segredo da Tumba

Enquanto a trilogia Uma Noite no Museu, dirigida por Shawn Levy, foi uma espécie de salvação para a carreira de Ben Stiller, que já estava prestes a tomar o lugar

A Família Bélier

O mais recente filme do diretor francês Éric Lartigau, emergente do cinema de absurdo, tem muito pouco em comum com sua obra, a não ser o tema “afirmação de identidade”,

Garota Exemplar

Atenção: esse texto contém informações importantes sobre o filme, então se você ainda não viu, leia por sua conta e risco. Eu não li o romance Garota Exemplar, escrito por

Camp X-Ray

É difícil sintetizar a visão hollywoodiana sobre a guerra. Principalmente sobre a guerra justificada, a famosa guerra à guerra, ou guerra ao terror. Longe da suposta realidade dos campos de

Penso, logo me fazem descer

Faço uma nota mental. Missão: escrever um editorial para comemorar o primeiro ano do take148 e a reestruturação do site. Nada muito poético. Editoriais são difíceis, penso em uma das

Nós Somos as Melhores!

Raros são os filmes sobre a pré-adolescência que não focam os pré-adolescentes como público alvo. Raros são os diretores que sabem como proceder com tal ideia. Destes, Lucas Moodysson pode

Mil Vezes Boa Noite

No campo da física quântica existe um problema ainda não resolvido, apelidado de problema da medição. Em poucas palavras, o dilema consiste em saber se o mero ato de observar

Uma Viagem Extraordinária

A julgar pelo título, pelas cores vibrantes do cartaz ou até mesmo pelo divertido trailer de Uma Viagem Extraordinária, era de se esperar que o público alvo da mais recente

Boyhood – Da Infância à Juventude

Não são todos os diretores que conseguem captar as passagens de tempo com maestria, mas Richard Linklater figura na lista dos que raramente erraram a mão. E não se poderia

Deus Não Está Morto

Apesar do esforço em manter Hollywood como um lugar onde aquele que não pode ser nomeado é justamente Ele, a indústria americana vem bombardeando o público, como nunca antes, com

Shopping Basket