Articles by Antonio Borduque

Adeus à linguagem

(ou O cachorro do Godard) Segundo o poema, a ideia é simples: desconstruir o cinema para montá-lo de novo. Jean-Luc Godard não é figurinha nova por essas bandas, alguém que inclusive dispensa apresentações. No seu último filme, Adeus à linguagem, o veterano diretor disseca o 3D não só para estudá-lo, mas também para colocá-lo à prova […]


17º BAFICI: O céu dos bons ares

Buenos Aires é um palco. Palco do cinema, do teatro, da literatura, e da vida de seus personagens, que atravessam as ruas da capital com a mesma força da poesia que os retratam. Buenos Aires é o cenário onde a ação se revela e a beleza acontece, na frente e atrás das câmeras, canetas e […]


17º BAFICI: Filas, histórias e expectativas

  Para variar, saio atrasado de casa. Tenho horário no médico. Subo correndo no ônibus que me leva até o bairro de Almagro, bem longe do meu bairro. Meu relógio me diz que são 07:45. Um cálculo simples me assegura que não chego muito tarde para a consulta. Bato os pés e me mexo incômodo […]


Relatos Selvagens

Acho que não dá para explicar. Demorei mais de cinco segundos para fazer a sinapse quando  vi que os cartazes de Relatos Selvagens tinham sido mudados, nove semanas depois da estreia, para anunciar que o  filme estava “ainda nos cinemas”. Morando e estudando cinema em Buenos Aires, acho difícil acreditar que exista alguém que ainda […]


O Grande Hotel Budapeste

“Estilo individual é um plágio de si mesmo”, dizia Alfred Hitchcock quando o confrontavam sobre as semelhanças espalhadas ao largo de sua obra. Não só ele, muitos outros cineastas também empregam técnicas recorrentes em suas filmografias. Talvez Wes Anderson seja o mais explícito deles, pelo menos nos últimos tempos. Em seu filme mais recente, O […]